30.12.07

BdE - 46 a 51

O tempo tem sido pouco para tantas solicitações e a actualização do blogue do "Banco de Ensaio" (BdE) é que tem sofrido as consequências. Desde 2 de Novembro que não inseria os espaços que têm sido emitidos no Atlântico da Miróbriga.

Para não sobrecarregar este blogue deixo-vos as capas dos álbuns e os espaços que realizei ao longo destas semanas, sugerindo uma visita ao blogue irmão. Vale a pena conhecer melhor estes trabalhos, tanto numa vertente sonora como de imagem.

Aqui ficam as capas e o convite para um passeio ao BdE.

Joe Henry - CiviliansJoe Henry - Civilians
Após alguns anos de silêncio dedicado a produzir grandes nomes do mundo da música, Joe Henry regressou em Setembro de 2007.

David Jordan - Set the MoodDavid Jordan - Set the Mood
Pelas mãos do conceituado produtor Trevor Horn, David Jordan é a mais fresca novidade que nos chega das ilhas britânicas.

Patti Scialfa - Play it as it laysPatti Scialfa - Play it as it lays
Excelente disco da Srª Springsteen, numa linha que vagueia por influências de soul, gospel e blues.

Bruce Springsteen - MagicBruce Springsteen - Magic
O single “Radio Nowhere” - e o álbum - não se escutam em nenhuma rádio nacional FM. Porquê?!

Shout Out Louds - Our Ill WillsShout Out Louds - Our Ill Wills
Mais uma excelente banda "made in Suécia". O disco é um autêntico "best of" com imensos temas propícios a uma qualquer pista de dança.

The Eagles - Long Road Out Of EdenThe Eagles - Long Road Out Of Eden
Primeiro álbum de originais desde 1979. Com excepção de Portugal, o sucesso deste CD dos Eagles tem sido avassalador um pouco por todo o mundo e não fica nada atrás de qualquer dos seus discos do passado.

28.12.07

À conversa com Alexandre Rosa
Programas de 2007

O convite ao Dr. Alexandre Rosa surgiu no decurso de uma conversa aquando das cerimónias de inauguração da exposição "No caminho sob as estrelas". A resposta positiva foi imediata e com a entrada da nova grelha da Miróbriga aqui estão as emissões. É com satisfação que semanalmente estou "à conversa com Alexandre Rosa", num programa de comentário aos grandes acontecimentos regionais, nacionais e internacionais. A duração do programa não excede os 25 minutos.

Os jingles e promocionais deste programa foram preparados por Bruno Gonçalves Pereira, meu amigo de sempre e profissional de excelência.

Este é o post que reúne os programas emitidos em 2007.

Boas audições!


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 6 transmitida no dia 28 de Dezembro de 2007


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 5 transmitida no dia 21 de Dezembro de 2007


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 4 transmitida no dia 14 de Dezembro de 2007


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 3 transmitida no dia 07 de Dezembro de 2007


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 2 transmitida no dia 30 de Novembro de 2007


"À Conversa com Alexandre Rosa", emissão nº 1 transmitida no dia 22 de Novembro de 2007

Programa às sextas-feiras a partir das 18h00 e repetição aos sábados às 12h15.

Mais informações: Miróbriga

16.12.07

Miróbriga Airplay Chart (4/2007)

O Top 10 desta semana é o seguinte:

1º - JAMES BLUNT- 1973
2º - JORGE PALMA - ENCOSTA-TE A MIM
3º - TRABALHADORES DO COMÉRCIO - ARDENME OS OLHUS
4º - MAFALDA VEIGA E JOÃO PEDRO PAIS - PACIÊNCIA
5º - UHF - GRÂNDOLA VILA MORENA
6º - TAKE THAT - RULE THE WORLD
7º - DAVID JORDAN - PLACE IN MY HEART
8º - THE EAGLES - HOW LONG
9º - MIKA - RELAX (TAKE IT EASY)
10º - DAVID FONSECA - ROCKET MAN

Escutar a Miróbriga.

BLUE RODEO - C'MON
Se não conhece este sucesso é porque não ouve a Miróbriga!

8.12.07

Miróbriga Airplay Chart (3/2007)

O Top 10 desta semana é o seguinte:

1º - JAMES BLUNT - 1973
2º - JORGE PALMA - ENCOSTA-TE A MIM
3º - MAFALDA VEIGA E JOÃO PEDRO PAIS - PACIÊNCIA
4º - THE EAGLES - HOW LONG
5º - TRABALHADORES DO COMÉRCIO - ARDENME OS OLHOS
6º - TAKE THAT - RULE THE WORLD
7º - MIKA - RELAX (TAKE IT EASY)
8º - DAVID JORDAN - PLACE IN MY HEART
9º - BLUE RODEO - C'MON
10º - UHF - GRÂNDOLA VILA MORENA

Escutar a Miróbriga.

DAVID JORDAN - PLACE IN MY HEART
Se não conhece este sucesso é porque não ouve a Miróbriga!

6.12.07

Belém em pé de guerra!

O meu clube atravessa um momento de crise. Pelas descrições dos presentes, a recente Assembleia Geral não poderia ter corrido de forma mais caótica e mais esclarecedora de que alguma coisa tem de mudar. O meu amigo Luís Lacerda decidiu publicar um texto no seu blogue e, tendo em atenção os comentários realizados, eu não resisti a dizer de minha justiça...

Não fui à AG. Não por não querer mas porque a vida pessoal e profissional não o permitiram. Não fui mas sei bem o que perdi. Perdi mais uma noite triste do clube.

Será que o mundo se divide naqueles que são profetas do "eu vi a luz" e naqueles que são sempre defensores do poder instalado? Claro que não!

A atitude de Luís Lacerda é digna de respeito e de consideração porque é a opinião de uma pessoa que pensa sem preconceitos e pela sua cabeça. Mesmo que não concordasse com ele a partir de hoje ele teria todo o meu respeito.

Não conheço nem dados, nem detalhes, nem estive à conversa com ninguém que tenha estado presente na dita. Desconheço o que se comenta no Restelo e nada sei das conversas daqueles que mais por dentro se encontram da vida do clube. Desde Maio de 2007 que não sei o que é ter tempo. Estou a tomar contacto com muita coisa neste momento. Pertenço ao lote dos azuis apelidados de 5ª categoria. Aqueles que ainda vão ao Restelo mas que não podem dar mais ao clube. Mas isso não me proibe de ser adepto e de ser azul. E de ter cabeça.

Porém, na verdade, a esta distância da realidade ninguém vos entende. O comum dos adeptos - grupo ao qual eu pertencia até ter entrado para sócio- não compreende. Não percebe os apoiantes de mitos e de lendas que renascem em dinastias republicanas, nem aos conservadores que afundam como o Titanic. Parecemos todos peões de um tabuleiro limitado e inútil. São 50 anos de histórias de fracassos e de mutilações. O Restelo, o fim das Salésias, foi a nossa morte. Estamos mortos mas a certidão de óbito foi perdida algures no meio de um estádio deserto e ultrapassado. Alguém acha que ir a uma Final da Taça por geração é estar vivo? Para um clube de dimensão local seria estar vivo mas para nós é apenas um grito moribundo e desesperado. "Socorro, estamos aqui, ainda estamos aqui..."

O retrato dos adeptos faz lembrar duelos ao sol em que de 2 só sobrevive 1. Em ciclos de matança que conduz a um conjunto de sócios que cabem num mini ou num taxi.

Larguem o preconceito e deixem o "eu tinha razão" unicamente para a vossa mente do passado. Libertem o "eu confio cegamente nos que lá estão" e vejam o estado das coisas.

50 anos de ambições e de divisões deu nisto que somos hoje.

A solução do Belém não está em nenhum dos dois lados. A solução do Belém está em todos nós, em todos os lados. Está num projecto agregador. Num projecto que não seja nem de ruptura nem de continuidade. Precisamos de um projecto de crescimento, de evolução. Se o quisermos podemos ser grandes. Temos cada vez menos tempo mas ainda é possível.

PS: Não pretendi ofender ninguém e tenho o máximo respeito por todas as visões. Mas não acham que já chega de tanta divisão? Para mim o sucesso faz-se da diversidade democrática. Isto não é um partido político, mas um clube em que todos sofrem com as derrotas. Como escrevi num texto muito criticado o projecto mais ambicioso era assinado pela lista de Gouveia da Veiga. Mas a minha previsão de vitória de Cabral Ferreira acertou em cheio. É a vida. Precisamos de uma "nova vida".

4.12.07

Miróbriga Airplay Chart (2/2007)

O Top 10 desta semana é o seguinte:

1º - JORGE PALMA - ENCOSTA-TE A MIM
2º - JAMES BLUNT - 1973
3º - THE EAGLES - HOW LONG
4º - TAKE THAT - RULE THE WORLD
5º - MAFALDA VEIGA E JOÃO PEDRO PAIS - PACIÊNCIA
6º - TRABALHADORES DO COMÉRCIO - ARDENME OS OLHUS
7º - PÓLO NORTE - A DANÇA
8º - MIKA - RELAX (TAKE IT EASY)
9º - BLUE RODEO - C'MON
10º - DAVID JORDAN - PLACE IN MY HEART

Escutar a Miróbriga.

27.11.07

Miróbriga Airplay Chart (1/2007)

O Top 10 desta semana é o seguinte:

1. JORGE PALMA - ENCOSTA-TE A MIM
2. THE EAGLES - HOW LONG
3. JAMES BLUNT - 1973
4. TAKE THAT - RULE THE WORLD
5. MAFALDA VEIGA E JOÃO PEDRO PAIS - PACIÊNCIA
6. OUTLANDISH - I ONLY ASK OF GOD
7. PÓLO NORTE - A DANÇA
8. MIKA - RELAX (TAKE IT EASY)
9. TRABALHADORES DO COMÉRCIO - ARDENME OS OLHOS
10. FILARMÓNICA GIL - SAIA INDISCRETA


Escutar a Miróbriga.

25.11.07

30 anos ligados à corrente

António Côrte-Real e António Manuel Ribeiro a beber um café frio depois do arrefecimento causado pela entrevista dada, em directo, à Miróbriga. Os UHF celebram 30 anos de carreira e 2008 vai ser um ano carregado de electricidade pelos lados do “Canal Maldito”. Ontem, no “V encontro de fãs”, que decorreu num Hotel na Costa da Caparica, foi desvendado o “II Volume” das Raridades e parte do DVD gravado no Coliseu de Lisboa. Outros segredos do grupo da vida de António Manuel Ribeiro deixarei para que sejam descobertos em próxima oportunidade na Miróbriga…

Curiosamente - e como isto parece estar tudo ligado - uma das fotografias apresentadas ontem, como ilustração de carreira, mostravam Alexandre Rosa a entregar um disco de prata aos UHF...

21.11.07

A Miróbriga arrasou!

Desde Janeiro de 2007 que exerço funções de dirigente na Miróbriga, tendo-me sido atribuído o “pelouro” da programação. Por questões de eficácia, acabei por acumular este pelouro com a função de director de programas. Quem acompanha os meus escritos, verificará que ainda não tinha escrito uma linha sobre esta “aventura” no “outro lugar”. Agora, num momento em que o meu nome circula por comunicados de imprensa e em entrevistas no éter, parece-me ter chegado a hora de dizer algo mais.

Quando o desafio me foi lançado pelo Presidente da Direcção, Sr. Ferrer de Carvalho, eu só poderia ter respondido afirmativamente. Porque sempre colaborei com a rádio, porque a ela estive ligado desde o seu início, porque tenho o “bichinho” do éter e porque nunca poderia recusar um convite tão motivador como este. Sabia que a tarefa inicial de lançar uma “nova” rádio seria dura e complicada. Da mesma forma, sei que isto é somente o início de um projecto bem superior e bem mais complexo. A nova grelha e a nova imagem sonora – que estão no ar desde 19 de Novembro – são apenas a ponta do iceberg de um projecto com 21 anos de História e de sonhos colectivos.

Ao longo dos anos, a Miróbriga teve fases melhores, fases com maior grau de dificuldade, mas sempre existiu a consciência de que, no Alentejo Litoral, era uma rádio diferente e com outro potencial. É precisamente esse potencial que está agora a ser assumido de uma forma intensa e convicta, no sentido de subir o degrau que falta para ser a rádio “oficial” do litoral alentejano.
No passado, existiram tempos com melhores condições, com mais recursos humanos e com uma conjuntura económica sectorial e nacional mais favorável. Como amplamente escrevi e debati no blogue irmão “canal maldito”, a realidade do sector rádio não é das mais optimistas, porém, todos temos consciência que só os melhores e os mais bem preparados irão sobreviver, numa adaptação constante às novas realidades na área da comunicação. Nos dias que antecederam a entrada da nova grelha, retive um forte sentimento positivo nas conversas com todos, desde directores a colaboradores e funcionários. Senti no ar um entusiasmo semelhante ao vivido no longínquo ano de 1994, provavelmente o mais emblemático e visível ano da Miróbriga. Mas, senti mais. Senti que existiam mais pessoas com este sentimento. Notei-o nas conversas que mantive nos fins-de-semana de 10 e 17 de Novembro, nas trocas de emails e na forma generosa como se discutiu o teor da nova Grelha e da nova Imagem Sonora – o trabalho do Nuno Miguel está simplesmente fantástico!

A ambição, quando em excesso, pode liquidar qualquer projecto. Contudo, noutros casos, é vital para que se consiga atingir os objectivos. Esta grelha – e todos os desafios que a mesma representa – colocam a Miróbriga à beira da concretização de um sonho. Aos dias de glória do passado, somamos, actualmente, mais valias que não tínhamos e que não posso divulgar totalmente. O segredo também faz parte do sucesso. Na vertente assumidamente pública, a imagem sonora foi trabalhada por um dos maiores craques portugueses do sector e os funcionários e colaboradores têm uma experiência hoje que não possuíam no passado. Essa experiência transformada em sabedoria é a razão principal para o sucesso que a nova Miróbriga está a ter. Falando nos profissionais, o Rui Miguel Gomes no “Todos às 6”, o Susano no “Programa da Manhã”, a Edna Nobre no “Girasul” e o Luís Silva no “Terminal 21” estão a ser muito grandes. Os programas estão bem formatados e cheios de motivos de interesse. A tudo isto, se junta uma redacção muito activa. As jornalistas Helga Nobre e Teresa Duarte parecem ter capacidade de estar em todo o lado ao mesmo tempo, incluindo uma superior intervenção em directo nos programas. Mesmo sem referir todos os nossos excelentes colaboradores – aos quais agradeço –, tenho de mencionar, por uma questão de justiça, os nomes de Paulo Ferreira, Sérgio Valadares, Bruno Gonçalves Pereira e de Carlos Azevedo, os quais têm sido extraordinários.

A grelha iniciada em 19 de Novembro e as suas diversas componentes de programação, informação e desporto levam-me a afirmar que estamos na presença da melhor grelha de sempre. Esta convicção tem outro peso quando o antigo Coordenador de Estação, Sérgio Valadares – que connosco voltou a activamente colaborar – também partilha desta ideia, desta certeza. Ter a melhor grelha não é só cumprir os objectivos da Miróbriga. Ter a melhor grelha é o caminho certo para que o Alentejo Litoral tenha a sua rádio.

É da maior justiça reconhecer que esta equipa e este projecto estão a erguer os melhores dias da Miróbriga.



Nas madrugadas de 5ª feira estou no "Grandes Músicas" entre as 2 e as 5 horas. Experimente.

Mais informações: Miróbriga

19.11.07

Quase tudo vai mudar
Miróbriga é a rádio de uma região

Aos 21 anos, a rádio que liga a planície e o mar prepara o grande dia com o entusiasmo próprio dos acontecimentos únicos.
Depois de meses a preparar a mudança, chegou o momento de apresentar a “nova” estação que liga o Alentejo Litoral.
Os excelentes profissionais que você já conhece, a ambição própria da nossa idade e uma vontade firme de fazer História na rádio da nossa região levam-nos a convidá-lo a dizer presente e a descobrir uma nova Miróbriga.

É Hoje!




Mais informações: Miróbriga

10.11.07

Tudo sucede a Spears
Britney esmagada por Eagles

Quando se está com má onda, o melhor é mesmo fecharmo-nos num quarto e esperar que a situação se altere.
Britney Spears decidiu continuar na sua sina de azar ao optar por lançar o novo álbum na mesma semana em que era editado o CD de regresso dos Eagles. Num primeiro olhar, seria um acto suicida para quem pretendesse chegar ao nº 1 do mais prestigiado top de vendas do mundo – o americano, claro. E ela tanto se esforçara nos recentes MTV Video Music Awards...
Todavia, Britney sabia que tinha boas hipóteses de, mesmo vendendo menos, ser líder do top. Após 30 anos de afastamento – e muitos de preparação em estúdio, nos quais Don Henley se esmerou – as 711 mil cópias vendidas do duplo “Long Road Out of Eden” poderiam não ter sido suficientes para ultrapassarem os 290 mil discos vendidos de “Blackout”. Isto porque o trabalho dos Eagles somente foi comercializado por um retalhista – neste caso, a gigante Wal-Mart – e jamais no passado a Billboard aceitara incluir no top um disco vendido nestas condições!
Reunidos especialmente para analisar a questão, os responsáveis pela Billboard abriram um precedente – já em pleno fecho de semana – e alteraram as regras do jogo. As vendas do álbum dos Eagles foram consideradas para o top e Britney viu-se renegada para nº 2.

Há semanas em que os artistas e as editoras deviam adiar os lançamentos em 8 dias.
E existem artistas que são notícia mesmo quando, não chegam em primeiro lugar.




Os Eagles entraram directamente para o 1º lugar nos tops dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Noruega, Holanda e Nova Zelândia. A Miróbriga foi das primeiras rádios no mundo a mostrar o novo trabalho dos Eagles.

5.11.07

Alentejo Radio

A generalidade da música que passa nas rádios portuguesas não procura a novidade, não ousa mostrar o que se produz por esse mundo fora e vive num pânico constante de emitir uma canção que ainda seja desconhecida em solo luso.
Muito anos depois de ter estado na linha da frente, organizando o 1º Campeonato Nacional de DJ's, a Miróbriga não tem medo de mostrar que a boa música (por cá) desconhecida também pode e deve ser divulgada neste cantinho à beira mar plantado.

Estes são alguns dos temas que as rádios nacionais desconhecem e que são de passagem frequente na melhor rádio do sul de Portugal. O mainstream não tem de ser sempre igual.

ORSON - AIN'T NO PARTY
(Revelação Internacional, Brit Awards 2007)


COLBIE CAILLAT - BUBBLY
(Disco de Ouro nos States; posições cimeiras nos tops)


MÊLÉE - BUILD TO LAST
(Recentemente a Samsung apostou neste tema; 1º CD para a Warner)


RASCAL FLATTS - TAKE ME THERE
(1º lugar no top da Billboard; ainda se encontra nos primeiros lugares)


TAKE THAT - RULE THE WORLD
(Single recentemente editado no mercado externo; música incluida na banda sonora do filme "Stardust")


A Miróbriga está a mudar. Mas isto é somente a ponta do iceberg. Fiquem atentos.

26.10.07

16.10.07

Quem quer ter editora?

Num passado ainda recente, qualquer banda ou artista ambicionava assinar contrato com uma editora discográfica. Actualmente, muitos consagrados estão a desligar-se de compromissos e a assumirem o controlo das edições das suas novas canções. E, cada vez mais, surgem novos talentos que aparecem e se tornam conhecidos através da Internet.

A indústria discográfica, tal como a conhecemos, morreu, mas as editoras ainda não o sabem. Todavia, a certidão de óbito já está passada. Não chegou foi ao conhecimento oficial dos defuntos porque as certidões teimam em permanecer numa qualquer caixa de correio. A atitude tem sido semelhante à de muitos portugueses que não levantam cartas registadas nos correios porque temem más notícias.

Os últimos anos têm sido passados com a indústria dos discos a diminuir receitas e a despedir trabalhadores. Simultaneamente, assistimos, na Internet, a um consumo crescente de música tanto através do recurso a esquemas piratas como a compra de música em formato digital. E, sobretudo, muita gente escuta música gratuitamente nos sites dos próprios artistas ou nos populares youtube ou myspace. Porém, o negócio do disco aproxima-se do momento do “estoiro” em que “dará o berro” aproximando-se da situação das vendas dos discos de vinil para coleccionador comprar.

Muitos músicos já anteciparam esta tendência porque sabem que as possibilidades promocionais da Internet estão anos luz à frente das complicadas guerras de bastidores que ocorrem em corredores de editoras. Agora, os músicos podem controlar toda a actividade, incluindo a promoção, distribuição e comercialização dos seus trabalhos. Numa loja virtual, uma edição via multinacional é igual a uma edição de autor e todos conseguem colocar os seus temas à venda. Mesmo considerando que essas receitas serão menores do que aquelas que no passado se conseguiam com as vendas de discos, as contrapartidas são evidentes se constatarmos a possibilidade de atingir outros públicos e, assim, aumentar o número de concertos ao vivo. O segredo do sucesso e da viabilidade financeira em Portugal passa e sempre passou pelos concertos ao vivo. Quanto mais divulgado for um trabalho, maior o número de concertos e maior a receita que se irá realizar.

A única hipótese das editoras é conseguirem compreender os ventos de mudança e operarem significativas adaptações ao mercado dos dias de hoje. Tal como, em nome da sobrevivência, o negócio da PT se tem diversificado, também as editoras o terão de fazer. É inevitável.

O disco está à beira do fim e eu serei um dos poucos clientes no nicho de mercado dos coleccionadores.


Texto publicado no blogue "Canal Maldito".

14.10.07

No caminho sob as estrelas (3)

A Miróbriga presente na Exposição "No caminho sob as estrelas" que decorre na Igreja Matriz de Santiago do Cacém até final de Novembro. O Comissário-Geral da Exposição, José António Falcão, em conversa com Paulo Ferreira.

7.10.07

Banco de Ensaio nº 42
Colbie Caillat - Coco

Colbie Caillat - CocoFruto do sucesso alcançado com a colocação de temas no popular portal myspace, Colbie Caillat despertou a atenção do meio musical e lançou em Julho de 2007 o seu primeiro álbum, “Coco”, que inclui a canção de sucesso “Bubbly”.



Banco de ensaio nº 42 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 06/10/2007

Site: www.colbiecaillatmusic.com
MySpace: myspace.com/colbiecaillat

Ver vídeo

Banco de Ensaio nº 41
Peter Himmelman - The Pigeons Couldn't Sleep

Peter Himmelman - The Pigeons Couldn't SleepNem sempre o sucesso acontece quando se espera e muitas vezes uma promessa nunca deixa de o ser. Desconhecido entre nós mas com uma carreira sólida e multifacetada, vageando entre música para crianças e música para adultos, o experiente Peter Himmelman nunca deu o salto para um estatuto de estrela apesar de lá ter estado muito perto, incluindo nomeações para prémios como os prestigiados Emmys.


Banco de ensaio nº 41 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 29/09/2007

Site: www.peterhimmelman.com
MySpace: myspace.com/peterhimmelman

Ver vídeos

26.9.07

Banco de Ensaio nº 40
Jimmy Jansson - Sån E Jag

Jimmy Jansson - Sån E JagQuando eu era pequenino o Festival da Canção era um momento alto no ano musical. Os anos passaram e a importância desse evento foi mergulhando num desastre profundo. Esta semana recupero essas recordações de Festival com um trabalho da actualidade "made in Suécia" - já é o terceiro em 40 semanas de BdE.
"Sån E Jag" é um álbum repleto de temas fortes, sem grandes pretensões e cheio de acne juvenil que borbulha na perfeição em qualquer pista de dança. Digno dos festivais da canção dos bons velhos tempos.


Banco de ensaio nº 40 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 22/09/2007

Site: www.jimmyjansson.com

Ver vídeos.

16.9.07

Um dia para recordar

Jogo sofrido, arbitragem pouco profissional e convívio animado que culminou numa vitória suada mas merecida. Um abraço para todos aqueles que revi e para os restantes amigos que conheci hoje. Assim o futebol é uma festa!

A festa continua.

Paulo Jesus sempre a apoiar.

Quase a começar.

Pontapé de saída.

Um almoço azul

Uma refeição no Restelo entre amigos de Norte a Sul e com o Belenenses como epicentro. Daqui a pouco novo regresso a Belém para o jogo de futebol.

Almoço no Restelo com mais de 30 convivas.

Imagem parcial das mesas.

Só nós 3 é que sabemos o que é ser belenense a Norte, Centro e Sul.

Paulo Jesus e Luís Lacerda a combinarem novo almoço para breve.

Henrique R. em momento de descontração antes do jogo.

Pedro Santos ganha nova alcunha de paga-almoços!

27.8.07

Banco de Ensaio nº 38
Christophe Willem - Inventaire

Christophe Willem - InventaireO álbum de estreia de Christophe Willem é outro exemplo do pop francês mainstream. Num disco que conta com a colaboração de compositores como Bertrand Burgalat ou Zazie, Christophe Willem apresenta-se, ele próprio, como o produto do ano. Sendo um produto de consumo imediato, claramente "mastiga e deita fora", “Inventaire” é um trabalho bastante fresco para este final de Agosto. E serve para recordar outros tempos em que Verão era sinónimo de novas canções de sucesso.


Banco de ensaio nº 38 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 25/08/2007

Site: www.christophe-willem.com
MySpace: myspace.com/christophenouvellestar

Vídeo de "Elu produit de l'année":


Mais vídeos em BdE.

25.8.07

O regresso dos Eagles

Existem águias que valem ouro.
Os The Eagles de Don Henley, Glenn Frey, Joe Walsh e Timothy B. Schmit regressam em 29 de Outubro com o duplo CD, "Long Road Out Of Eden", o primeiro álbum de originais desde "The Long Run" de 1979.
Verdadeiras estrelas durante os anos sententa, toda a gente conhece clássicos como "New Kid In Town", "Desperado", "Take It Easy" ou "Hotel California", porém, a qualidade dos seus discos ultrapassa, em muito, o estatuto de meros fazedores de êxitos populares. "Seven Bridges Road" é somente outro exemplo menos evidente.
Para quem não conhece a obra deste grupo, sugiro o duplo "Eagles Live" de 1980.

O tema de apresentação deste "Long Road Out Of Eden" chama-se "How Long".


Mais informações:
Site ou Myspace


ALINHAMENTO DE "LONG ROAD OUT OF EDEN"
DISC ONE
01.No More Walks In The Wood
02.How Long
03.Busy Being Fabulous
04.What Do I Do With My Heart
05.Guilty Of The Crime
06.I Don't Want To Hear Anymore
07.Waiting In The Weeds
08.No More Cloudy Days
09.Fast Company
10.Do Something
11.You Are Not Alone
DISC TWO
12.Long Road Out Of Eden
13.I Dreamed There Was No War
14.Somebody
15.Frail Grasp On The Big Picture
16.Last Good Time In Town
17.I Love To Watch A Woman Dance
18.Business As Usual
19.Center Of The Universe
20.It's Your World Now

22.8.07

No caminho sob as estrelas (2)

A Miróbriga presente na Exposição "No caminho sob as estrelas" que decorre na Igreja Matriz de Santiago do Cacém até 31 de Outubro. O Comissário-Geral da Exposição, José António Falcão, em conversa com Paulo Ferreira.

21.8.07

Banco de Ensaio nº 37
Porter Wagoner - Wagonmaster

Porter Wagoner - WagonmasterO veterano Porter Wagoner celebra, em 2007, 80 anos de vida com o melhor álbum gravado em 55 anos de carreira. Editado em Junho, “Wagonmaster”, marca o regresso do mais importante divulgador de música country das últimas décadas e que manteve, durante 20 anos, um programa televisivo de grande sucesso nos Estados Unidos.


Banco de ensaio nº 37 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 18/08/2007

Site: www.porterwagoner.com
MySpace: myspace.com/porterwagoner

Vídeo de "Committed To Parkview":


Mais videos em BdE.

19.8.07

Homero Serpa - Matateu e verdade desportiva

Homero Serpa evoca MatateuO lançamento do livro de Fernando Correia dedicado a Matateu ocorreu a 24 de Novembro de 2006 e contou com diversos discursos, incluindo, um da responsabilidade de Homero Serpa. Além de homenagear Matateu, Homero Serpa referiu-se aos aspectos nebulosos que sempre envolveram o futebol português. Na sequência da sua crónica de hoje no jornal "A Bola" pareceu-me interessante recuperar este discurso.


Discurso proferido por Homero Serpa durante a cerimónia de lançamento do livro dedicado a Matateu e realizada em 24/11/2006

Crónica de Homero Serpa:
imagem disponibilizada em 25/08/2007

No caminho sob as estrelas (1)

A Miróbriga presente no dia-a-dia da Exposição "No caminho sob as estrelas" que decorre na Igreja Matriz de Santiago do Cacém até 31 de Outubro. Paulo Ferreira conversa diariamente sobre uma peça com José António Falcão, Comissário-Geral da Exposição.


Clicar para mais informações.

13.8.07

Belenenses, 7 ~ Al-Arabi, 1

Tarde de apresentação da equipa no Restelo, paisagem magnífica e vitória sem discussão do Belenenses contra uma equipa que vendeu caras as derrotas em Guimarães e Coimbra.
Um abraço aos amigos Telmo Carvalho, Pedro Lourenço, João Pela e Paulo Jesus.
O Litoral Alentejano esteve em peso no Restelo e com os poucos adeptos presentes talvez fosse de reflectir em mudar o Estádio para o eixo Sines/Santiago do Cacém.
Fica a ideia porque assim não vamos lá.

A paisagem é sempre uma maravilha.
Apresentação da equipa.
A foto da equipa 2007/08.
Dia de saudação especial para Marco Aurélio. Não queres fazer mais uma época?
Os 11 titulares a poucos segundos do início do jogo.
Pontapé de saída rumo à goleada.
João Paulo Oliveira uma fracção de segundo antes de assinar mais um dos seus três golos no encontro.

Jacinto do Ó, Telmo Carvalho, Pedro Lourenço e Teresa Jesus

12.8.07

Banco de Ensaio nº 36
Zazie - Totem

Zazie - TotemFelizmente, longe vão os tempos em que a música francesa dominava o panorama musical português. Porém, na França do século XXI a produção musical permanece forte. Zazie pertence a uma nova geração de músicos com sucesso no pop-rock francês.



Banco de ensaio nº 36 transmitido no programa Atlântico da Antena Miróbriga em 11/08/2007

Site: zazieonline.artistes.universalmusic.fr
MySpace: myspace.com/zazieonline

Ver vídeos no blogue do BdE.

11.8.07

O Real Madrid às vezes não interessa

O tema que tratei no texto "Uma concentração que asfixia" permanece bem actual. Como se constata através das declarações do Presidente do Belenenses, Eng. Cabral Ferreira, ao jornal "A Bola", na edição de dia 10 de Agosto.

(Clicar na imagem para ampliar)

10.8.07

Belenenses, 2 ~ Atalanta, 1
Real Madrid, 0 ~ Belenenses, -1

No prestigiado Torneio Teresa Herrera o Belenenses mostrou ao mundo um excelente futebol e conquistou o 3º lugar na competição.

Real Madrid, 0 ~ Belenenses, -1
Jogo fantástico do Belenenses que controlou, como quis, um Real Madrid constituido por vedetas pagas a peso de diamante.
O golo fruto do frango aos 89 minutos - e que deu a derrota ao clube do Restelo - vai ficar para sempre na retina de todos nós. A estrelinha da sorte não esteve com o Belém, porém, não existem dúvidas: O Belenenses tem uma grande equipa esta época!

Belenenses, 2 ~ Atalanta, 1
Menos de 24 horas depois do jogo com o Real Madrid os valentes do Restelo voltaram a jogar, desta feita, tendo pela frente, uma excelente, combativa e demasiado dura equipa italiana. Pela qualidade do jogo e pela personalidade da equipa abrem-se perspectivas sonhadoras para o próximo campeonato. A equipa é forte, o plantel é muito equilibrado e temos um novo craque da bola chamado Roncatto.

Como os jogos não foram transmitidos em canal aberto os locais de visionamento foram restaurantes. Fotos dos dois dias na companhia dos amigos Telmo e João.